menu
close

Nota de Repúdio

Publicado: 2017-09-12 21:28:13

NOTA DE REPÚDIO

 O SINPOL-TO - Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins, vem por meio da presente nota, repudiar a atitude protagonizada pelo Advogado Gesus Fernando de Moraes Arrais, que, em petição juntada aos autos de inquérito policial a qual versa sobre Violência Doméstica, usa de uma imagem tipo marca d'agua, onde faz alusão pejorativa aos integrantes das Polícias Civil e Militar, assim como as próprias instituições constituídas.

O fato causou estranheza e indignação entre os integrantes das forças policiais, haja visto que de forma clara e intencional o profissional buscou denegrir não apenas uma pessoa ou fato isolado, mas a toda uma corporação de honrados e destemidos policiais, que trabalham dia e noite para proteger a sociedade tocantinense e levar segurança e proteção, mesmo que para isso lhes custe a vida.

Estranha também, por se tratar de um profissional de advocacia da querida cidade de Araguaína, a qual ainda vive um momento em que a advocacia tocantinense chora a perda do colega de profissão, Danilo Sandes, que teve a autoria desvendada após árduo trabalho dos Policiais Civis daquela cidade.

Não aceitaremos sermos achincalhados e termos nossa imagem denegrida por quem quer que seja, ainda mais por um profissional do direito, que zomba das forças de segurança e do próprio judiciário tocantinense, ao peticionar da maneira como o fez. O sistema Eproc que revolucionou a esfera jurídica é tratado como um folhetim, onde o profissional ironiza instituições como se fizesse tiras de sátiras de cartoons.

 A assessoria jurídica do Sindicato dos Policiais Civis está ingressando junto ao Conselho de Ética da OAB, com representação em desfavor do profissional que em nada enobrece a categoria de Advogados de nosso Estado, assim como, com as demais ações Cíveis pertinentes, para que se faça justiça a imagem, maculada por este profissional, dos honrados Policiais Civis e Militares.

 

Ubiratan Rebello

 Presidente do SINPOL-TO

Palmas, 12 de setembro de 2017.